Avaí/Kindermann e Corinthians abrem final do Brasileirão Feminino A-1

avai/kindermann-e-corinthians-abrem-final-do-brasileirao-feminino-a-1

Com transmissão de Band, ESPN e Twitter, clubes disputam o primeiro jogo da decisão neste domingo, às 20h, em Florianópolis.

Chegou a hora de decidir o Brasileirão Feminino A-1 2020! Neste domingo, Avaí/Kindermann e Corinthians se enfrentam pelo primeiro jogo da final, na Ressacada, em Florianópolis. Com início marcado para as 20h, a partida terá transmissão ao vivo da Band, ESPN e da página oficial do Brasileirão Feminino no Twitter (@BRFeminino).

Avaí/Kindermann x Corinthians

Final do Brasileirão Feminino – 1º jogo

Data: 22/11, domingo

Horário: 20h

Local: Ressacada, Florianópolis (SC)

Transmissão: Band, ESPN e Twitter @BRFeminino

O duelo entre Avaí/Kindermann e Corinthians bota frente a frente dois dos trabalhos mais respeitados no futebol feminino do país. Um dos pilares da renovação do futebol feminino do clube catarinense, o técnico Jorge Barcellos fez questão de tirar o mérito de si e transferiu às jogadoras por conseguir retornar à final do Brasileirão em sua quarta temporada como treinador do clube.

“No final, nós fomos os facilitadores, mas quem executa são elas, as jogadoras, elas que merecem todos os elogios. Elas são sensacionais! Quando entram no campo, ela formam um grupo unido, e isto nos motiva muito”, declarou o treinador.

SAIBA MAIS: CBF promove Media Day da final do Brasileirão Feminino

LEIA TAMBÉM: Fiel pelo Corinthians, torcedora lembra experiência com jogadoras no gramado do Pacaembu

A meia-atacante Tamires, do Corinthians, também falou um pouco sobre o projeto que tem transformado o Alvinegro em um sinônimo de sucesso no futebol feminino. Esta será a quarta final de Brasileirão Feminino consecutiva do clube, que é o atual campeão da Conmebol Libertadores Feminina e foi vice-campeão brasileiro no ano passado. A jogadora exaltou o que o clube tem feito para desenvolver a modalidade, principalmente em um momento tão complicado como o contexto atual, com direito a paralisação por conta da pandemia e outros obstáculos.

“O Corinthians chega bem preparado, viemos fazendo um bom trabalho com o Arthur nesses 4 anos. Cheguei em 2019. Mas todo o departamento do Timão trabalha bastante para o desenvolvimento do futebol feminino. Trabalhamos bastante antes da paralisação. Estávamos prontas mentalmente e fisicamente para enfrentar esse retorno do futebol. Estar nessa final é muito especial para mim, segunda final no Corinthians. Já fui campeã em 2013 com o Arthur. Com certeza serão dois grandes jogos com duas equipes muito bem preparadas”, analisou a capitã do Timão.

Media Day - Final do Campeonato Brasileiro Feminino A-1 2020

Media Day – Final do Campeonato Brasileiro Feminino A-1 2020


Créditos: Mariana Sá / CBF

Tanto a declaração de Jorge Barcellos quanto a de Tamires foram feitas em um evento inédito para promover a final do Brasileirão Feminino, na sede da CBF, no Rio de Janeiro. Os técnicos (Jorge Barcellos e Arthur Elias) e as capitãs (Tuani Lemos e Tamires) de Avaí/Kindermann e Corinthians marcaram presença para atender à imprensa especializada.

O primeiro Media Day da Final do Brasileirão Feminino foi mais um marco desta edição do campeonato, que tem se notabilizado por firmar trazer novos paradigmas para o futebol feminino do país. Desde já, a decisão marca um momento histórico para a modalidade no país. E não é para menos.

CONFIRA: Arthur Elias rechaça favoritismo antes de final do Brasileirão Feminino

ENTREVISTA: Campeã em 2015, Lelê busca bi do Brasileirão Feminino em primeira final com o Avaí/Kindermann

Antes do início do mata-mata, a Coordenadora de Competições Femininas da CBF, Aline Pellegrino, alinhou alguns importantes avanços para a fase decisiva da competição. Além do Media Day e da transmissão simultânea em três canais da decisão, desde as quartas de final, por exemplo, os times têm jogado as partidas do Brasileirão Feminino em seus principais estádios. É por isso que, neste domingo, a final será aberta na Ressacada, em Florianópolis, enquanto o jogo de volta, no dia 6 de dezembro, será na Neo Química Arena, em São Paulo.

A partir das semifinais, o Brasileirão Feminino passou a contar com o uso do árbitro de vídeo (VAR), tornando-se a primeira competição nacional de futebol feminino do mundo, segundo a FIFA, a utilizar a ferramenta. Por fim, mas não menos importante, durante o Media Day, a CBF ainda anunciou um patch exclusivo para a final. Desenhado pela renomada artista visual Rafa Mon, a ilustração estará nas camisas de Avaí/Kindermann e Corinthians e traz a simbologia do tamanho da conquista das mulheres do futebol brasileiro.

VEJA MAIS: Tuani cita mudança de mentalidade como segredo para sucesso do projeto do Avaí/Kindermann

Total
0
Shares
Previous Article
forca-como-mandante-e-trunfo-do-avai-kindermann-na-final-do-brasileirao-feminino-a-1

Força como mandante é trunfo do Avaí-Kindermann na final do Brasileirão Feminino A-1

Next Article
top-5!-confira-os-principais-golacos-do-corinthians-no-brasileirao-feminino

Top 5! Confira os principais golaços do Corinthians no Brasileirão Feminino

Related Posts